Os festejos carnavalescos começaram no passado sábado, dia 27 de Janeiro, na Figueira da Foz, cidade conhecida pelos seus grandiosos corsos que, todos os anos, atraem milhares de visitantes. Apresentado na semana passada, o evento é organizado, pelo terceiro ano consecutivo, pela Associação do Carnaval de Buarcos/Figueira da Foz (ACBFF) e assume-se, como frisou o presidente do Município, João Ataíde, como um “importante produto turístico” para o concelho e região. A festa promete ser grandiosa, com muita animação e folia. O cantor Sérgio Rossi e a figueirense Lúcia Costa são os reis desta edição que, de acordo com a organização, deverá reunir um milhar de figurantes, num Carnaval que está orçamentado em 110 mil euros. O Carnaval de 2018 estende-se por vários dias, num programa atrativo que convida todos a visitar a Figueira da Foz nesta época do ano. Começou já este sábado no Grupo Caras Direitas, com as escolas de samba Novo Império, A Rainha e Unidos do Mato Grosso a apresentarem os seus “samba-enredos”, seguindo-se a atuação da Banda CYS – Cinthya Zamorano. Continua a 4 de fevereiro, com a chegada dos Reis do Carnaval à estação da CP, onde serão recebidos, às 15h00, com animação e samba. O cortejo festivo segue para os Paços do Concelho e depois para o Grupo Caras Direitas, em Buarcos. No dia 9 de fevereiro vai realizar-se o Carnaval Infantil Solidário, onde são aguardados mais de 2000 estudantes do concelho. Para além das máscaras e da alegria dos mais novos, que desfilarão a partir das 10h00 na marginal, o evento irá angariar bens alimentares que serão depois entregues a instituições de solidariedade locais. No dia 10 de fevereiro, a partir das 22h00, realiza-se o habitual desfile noturno das escolas de samba e nos dias 11 e 13, a partir das 14h30, a Avenida do Brasil transforma-se em sambódromo. Os dois desfiles serão, como habitualmente, os pontos altos das celebrações, trazendo para a rua milhares de pessoas e proporcionando a todos momentos de grande diversão.