A Câmara Municipal da Figueira da Foz assinou ontem, dia 12 de janeiro, pelas 11 horas no edifício Paços do Concelho, os contratos para a realização das empreitadas “Ciclovia do Mondego”, Qualificação da frente marítima de Buarcos” e Requalificação do Núcleo antigo da Figueira da Foz”. Os principais objetivos destes contratos são a diminuição do CO2, a ampliação das ciclovias e requalificação dos espaços degradados, tornando a Figueira da Foz uma cidade amiga do ambiente. A obra da Ciclovia do Mondego foi adjudicada à empresa AM Cacho e Brás, com o valor de 599000€ e tem o prazo de execução de 10 meses. A Qualificação da frente marítima de Buarcos ficou a cargo da empresa Luís Frasão construção civil e obras públicas, no valor de 1331000€ e tem um prazo de execução de 12 meses, já o contrato para a Requalificação do núcleo antigo da Figueira da Foz – Requalificação das ruas foi assinado com a Cordivias Engenharia lda, uma obra que segundo João Ataíde , Presidente da Câmara da Figueira da Foz, será a mais complicada de executar pois irá “inquietar as rotinas dos residentes e comerciantes. Esta obra foi adjudicada por 2.484.000,00€ e terá um prazo de execução de 15 meses.