A Escola do Mar. Um momento histórico para o ensino superior público na Figueira da Foz. Foi ontem no restaurante Stella Maris a apresentação desta Escola que irá funcionar na Casa dos Pescadores em Buarcos. Este projeto do Instituto Politécnico de Coimbra irá numa primeira fase abrir pré e pós-graduações bem como mestrados na área da economia do mar, pescas, aquicultura e transformação de pescado. Joaquim de Sousa falou sobre o papel da Misericórdia Obra da Figueira e admitiu que não vai ser fácil ou rápido consolidar esta escola.

“Foi um trajeto longo mas que valeu a pena” palavras de Manuel Castelo-Branco, presidente do ISCAC, um dos responsáveis principais por todo este processo.

Para Jorge Conde, presidente do Politécnico de Coimbra, a Escola do Mar surge da vontade de levar o ensino superior mais longe saindo do registo conimbricence que é ainda muito fechado, descentralizando a ação formativa.

Neste jantar esteve também presente Margarida Mano, deputada à Assembleia da República pelo Círculo de Coimbra elogiou esta aposta e a acredita que será possível atingir o sucesso.

João Ataíde, presidente da Câmara Municipal da Figueira da foz considera de extrema importância o ensino especializado e enquadrado na realidade.

A escola do Mar terá como parceiros o Stella Maris, CEMAR, Ginásio Clube Figueirense, Misericórdia, Goltz de Carvalho, Casino Figueira e Associação Mais Surf.