O presidente da Câmara da Figueira da Foz, João Ataíde (PS), foi ontem reeleito presidente da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM/RC), informou aquela entidade que congrega 19 municípios.

A nova direção do Conselho Intermunicipal da CIM/RC, eleita por unanimidade para um mandato de quatro anos (2017-2021), integra ainda, como vice-presidentes, o também socialista José Carlos Alexandrino, autarca de Oliveira do Hospital, reconduzido no cargo, e José Brito Dias (PSD), presidente da Câmara Municipal da Pampilhosa da Serra, que se estreia na vice-presidência.

Na reunião de ontem, os representantes dos 19 municípios aprovaram, também por unanimidade, a candidatura de Jorge Brito ao cargo de primeiro secretário do Secretariado Executivo Intermunicipal, lugar que já detinha no mandato anterior.

A proposta terá de ser agora apreciada e votada pela Assembleia Intermunicipal da CIM/RC na próxima reunião daquele órgão, adianta o comunicado.

Acrescenta que a aplicação do Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial da Região de Coimbra e a Estratégia Integrada de Desenvolvimento Territorial da Região de Coimbra 2014-2020 “estão entre as prioridades da nova direção do Conselho Intermunicipal”.

A direção liderada por João Ataíde afirma-se ainda “atenta às consequências dos incêndios de 15 e 16 de outubro nos territórios de baixa densidade, manifestando-se determinada no reforço do combate ao fenómeno da desertificação”.

A CIM/RC é a maior comunidade intermunicipal nacional e integra os municípios de Arganil, Cantanhede (cujos recém-eleitos presidentes de Câmara, Luís Paulo Costa e Helena Teodósio, ambos do PSD, participaram hoje, pela primeira vez, na reunião do conselho intermunicipal), Coimbra, Condeixa-a-Nova, Figueira da Foz, Góis, Lousã, Mealhada, Mira, Miranda do Corvo, Montemor-o-Velho, Mortágua, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Penacova, Penela, Soure, Tábua e Vila Nova de Poiares.