Dos quase 13 milhões de euros previstos no Orçamento de Estado 2018 para seis empresas públicas de transporte rodoviário, ferroviário e fluvial e a duas administrações portuárias, a administração do Porto da Figueira da Foz garantiu 500 mil euros para “financiamento de infraestruturas portuárias e reordenamento portuário”.

A verba é semelhante à que foi atribuída no presente ano e vem dos ministérios da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural (que tutela as pescas) e o Ministério do Mar. A proposta consta no Lei do Orçamento do Estado (OE) que foi entregue na passada sexta-feira na Assembleia da República.