Multa de 750 euros e trabalho comunitário foi a condenação decretada pelo tribunal, e agora confirmada pelo Tribunal da Relação de Coimbra, aos três homens que em 2015 burlaram algumas superfícies comerciais comprando vinho alentejano de 24,99€ por 1,28€.

Segundo o tribunal, o golpe foi dado a 23 de janeiro de 2015 num hipermercado da Figueira da Foz. Os indivíduos colocaram em 10 garrafas de Pêra-Manca, marcadas a 24,99 €/cada, os códigos de barras do vinho corrente Fazendas Perdidas, a 1,28 €/cada. Pagaram 12,80 € pelas 10 garrafas, em vez do preço verdadeiro de venda, que seria 249,90 €.

Ainda segundo o tribunal o grupo terá percorrido o País burlando, várias superfícies comerciais com este esquema, nomeadamente em Lagos, Faro, Portimão, Santo Tirso, Famalicão, Oeiras, Leiria, Coimbra e Figueira da Foz (caso que já tem sentença).