Foram inauguradas ontem as obras de requalificação do Parque Desportivo da Praia da Leirosa com a presença de inúmeras entidades, atletas e familiares.

Com um custo total de cerca de 500.000,00 euros, a autarquia suportou 345.000,00 euros aproximadamente e contou com uma comparticipação da Celbi, S.A. em cerca de 155.000,00 euros.

Segundo o Presidente da Câmara Municipal, os melhoramentos implementados naquele espaço, são o reflexo de uma política do executivo, uma política comprometida com o desporto e com a promoção da saúde, traduzida no investimento em infraestruturas, que permitam a prática desportiva dos cidadãos e neste caso em particular, a formação desportiva dos nossos jovens.

João Ataíde referiu ainda que, a colocação de relva sintética no Campo de futebol 11 e todas as obras complementares realizadas no Parque Desportivo da Praia da Leirosa, são mais um objetivo cumprido no plano de ação municipal, sendo esta obra a concretização de um sonho antigo de gerações de atletas, que passaram por este campo.

Nesta empreitada foi ainda tida em conta uma preocupação especial com a iluminação, quer em termos de custos, quer em termos ambientais, com a instalação de tecnologia LED. Com esta tecnologia de ponta passamos a ter um custo médio/hora de energia na ordem dos € 1,68 face às anteriores tecnologias o que representa uma redução de 2,7 vezes/hora.

Por outro lado e no âmbito da sustentabilidade energética, que também se procurou com a aplicação desta tecnologia, consegue-se uma redução de 5 toneladas/ano nas emissões de CO2.

Acresce, que durante 7 anos, não haverá custos de manutenção/substituição das luminárias, prevendo-se um período de vida útil na ordem das 100.000 horas.

Refira-se ainda a título de curiosidade que a tecnologia adotada foi projetada, dimensionada, fabricada e instalada na Figueira da Foz e por figueirenses.