Hoje à tarde, o Rei Trampas, naturalmente acompanhado pela Rainha Liberdade, chegam à Figueira da Foz para mais uma real aparição à Figueira da Foz.

O cortejo real inicia-se junto da Estação da CP, pelas 15h00, e rumará ao centro da vila de Buarcos. A receber “Suas Altezas Reais”, três grupos mostram que “a vida são dois dias e o Carnaval três”.

Na Estação da CP, o Rei Trampas e Rainha Liberdade serão “euforicamente” recebidos pela Escola de Samba Unidos do Mato Grosso. Em frente à câmara, a animação pertence à Escola de Samba Novo Império. No Grupo Caras Direitas, em Buarcos, a Escola de Samba A Rainha abre tempo para os discursos do Rei e da Rainha, que do alto da varanda da associação irão deixar palavras ao povo.

Nem tudo é um mar de rosas, ou não fosse o tema dos reis, no corso carnavalesco deste ano, “Rei Trampas e Rainha Liberdade, casados um contra o outro”.

O Rei, dono e senhor das suas vontades, irá tentar reinar com mão dura. Contudo, terá forte oposição da Rainha Liberdade, acérrima defensora da Liberdade e igualdade entre os povos.

Esta será a trama, a história contada no Carnaval de Buarcos / Figueira da Foz pelo Rei Carlos Queiroz, um folião que encarnará a personagem com grande alegria, e pela Rainha Romana, cantora com um percurso artístico muito ligado aos valores que se pretendem para uma sociedade mais justa.

Os três desfiles de Carnaval de 26, 27 (nocturno) e 28 de Fevereiro são uma organização da Associação do Carnaval de Buarcos/Figueira da Foz.