O PSD da Figueira da Foz acusou hoje o presidente da Câmara de proferir declarações irresponsáveis e totalmente despropositadas sobre turismo, ao ter dito que 2017 é o “ano zero” para o setor na cidade.

Segundo um comunicado do presidente da concelhia do PSD da Figueira da Foz, Manuel Domingues, durante os festejos de passagem de ano João Ataíde (PS) terá sublinhado que a Figueira da Foz “ainda não afirmou o seu espaço” no setor do turismo e que 2017 “será o ano zero”.

“Trata-se de declarações totalmente despropositadas que só podem ser proferidas por alguém que desconhece ou pretende ignorar a realidade histórica de uma cidade que há mais de cem anos tem estado vocacionada para a área do Turismo e que é considerada como um dos principais destinos turístico do país”, sustenta o PSD.

O partido entende que João Ataíde “revela não reunir a competência necessária para ocupar as funções que exerce, enquanto representante máximo do concelho e, por consequência, como principal guardião dos seus interesses e boa imagem”.

O PSD diz ainda que o autarca coloca em causa e ofende “o trabalho de sucessivas gerações de figueirenses ligadas ao setor do turismo, que ao longo de décadas, na autarquia, na restauração, hotelaria, comércio e em outras áreas, com muito empenho e dedicação, têm vindo a promover a cidade como uma das mais belas e famosas estâncias balneares da Península Ibérica”.

Repudiando as declarações, a concelhia social-democrata afirma que estas “deixam a descoberto a inépcia do seu autor, que implicitamente acaba por reconhecer que pouco ou nada tem feito pelo turismo”.

“[É] importante relembrar que não há lugar a ano zero para quem já aqui anda há cerca de oito anos”, frisa o PSD, aludindo aos dois mandatos autárquicos de João Ataíde.

Questionada pela agência Lusa, fonte do gabinete da presidência da Câmara Municipal esclareceu que as declarações de João Ataíde se referiam a uma iniciativa de promoção turística do destino Figueira da Foz, que “não é o mesmo de há cinco anos”.

“Depois das obras no areal da praia [ainda em curso, e que deverão estar concluídas nos próximos meses], os eventos consolidados e a necessária planificação, vamos lançar uma grande campanha promocional da Figueira da Foz em 2017”, anunciou.