Entre os próximos dias 2 e 5 de fevereiro, a Capitania da Figueira da Foz prevê um agravamento das condições meteorológicas. A previsão aponta para vento, nalgumas ocasiões, muito forte e uma ondulação que poderá ser superior a sete metros de altura.

Em consequência desta situação, a capitania aponta para uma situação de “elevado risco”, considerando que devem ser referidas medidas de prevenção por todos aqueles que estão próximos da linha de água.

Como tal, é recomendado que não se circule junto da orla marítima e zonas ribeirinhas, nos molhes do Porto da Figueira da Foz e nos esporões ao longo da costa, pois há a possibilidade de galgamento do mar, o que poderá colocar em causa a segurança de pessoas bem como não desenvolver quaisquer actividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva ou desportos náuticos.

Ao mesmo tempo, é ainda solicitado o reforço da amarração e vigilância apertada das embarcações.