Carlos Lavoura

A direção do Ginásio Clube Figueirense expressou, através de comunicado, o seu regozijo pelo trabalho desenvolvido pelo antigo atleta, dirigente e técnico Carlos Lavoura.

“Tendo feito a opção de cessar a sua absorvente e eficaz actividade na secção de Remo, embora continuando a assegurar o funcionamento da classe de Remo Adaptado, a direcão do Ginásio entendeu promover uma mais do que justa homenagem, a qual não quis no entanto aceitar, afastando-a em termos muito claros e incisivos perante a natural insistência, não deixando outra hipótese ao Clube do que dar público testemunho de reconhecimento”, refere a nota.

Carlos Lavoura foi atleta do clube na década de 60 e, a partir dos anos 90, colaborou com José Tomé na renovação da modalidade no clube.

Em 2000, foi um dos elementos decisivos para a construção do novo Centro Náutico, cuja direcção assegurou até outubro de 2016, tendo ficado ainda com a aprendizagem e treino de novos remadores, sendo responsável por boa parte dos 216 títulos nacionais conquistados nestes 16 anos.

Sócio de mérito do Clube desde 12-12-2003 (n.º 48), Carlos Lavoura foi também distinguido na edição de 2011 dos Prémios Nacionais Bento Pessoa – Casino Figueira com o galardão destinado a Personalidades do Ginásio.