logo psd figueira foz

Membros da Comissão Política Concelhia da Figueira da Foz visitaram na passada semana a freguesia de Alqueidão.

Em nota de imprensa, os social-democratas reconhecem que a junta de freguesia e a câmara têm esquecido aquele lugar. Uma situação que “é bem patente nas precárias condições das acessibilidades e no estado degradante das estradas, sem sinalização, com o piso em alguns locais a parecer mais uma picada”, referem.

A estrutura partidária recorda que essa é, “aliás, uma constatação da realidade de todo o concelho, com consequências evidentes a nível de segurança rodoviária”. E explica porquê: “o recente asfaltamento de algumas (escassas) vias pelo concelho é uma medida que consideramos pré-eleitoral, que peca por tardia, de decisão aleatória, para disfarçar o que não se realizou de forma sustentada ao longo do mandato”.

O impasse sentido na revisão do Plano Diretor Municipal (PDM) foi uma das questões abordadas nesta visita. Aliás, a concelhia PSD refere que “o atual plano não serve o interesse da freguesia, e não propicia o seu desenvolvimento nem a fixação da população”. Aliás, os social-democratas realçaram no comunicado que Alqueidão “tem um grande impacto económico no concelho devido à indústria de exploração e transformação de arroz”.