Sede Grupo Lusiaves

O grupo Lusiaves anunciou hoje investimentos de 100 milhões de euros nos próximos três anos para expansão da atividade, em particular na internacionalização da empresa líder de mercado no setor da carne de aves.

Questionada pela agência Lusa, fonte do grupo sediado na Figueira da Foz não divulgou, no entanto, qual o plano de investimentos nem os países envolvidos, remetendo para “fase posterior” a divulgação daquela estratégia.

Em nota de imprensa, o grupo avícola anunciou ainda que procedeu à emissão de um empréstimo obrigacionista no montante de 25 milhões de euros, com maturidade de dez anos, operação que foi aprovada pelos acionistas do grupo (constituído por capitais exclusivamente portugueses) e pela Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

De acordo com a mesma fonte a taxa de juro é de 1,0625% e as obrigações em causa “já foram todas subscritas”, disse.

Na nota, Avelino Gaspar, fundador e presidente do grupo avícola, refere que com a concretização do empréstimo obrigacionista a Lusiaves “aumenta a maturidade média da dívida e reforça a estrutura de capitais, garantindo assim uma parte importante dos fundos estruturais necessários para a prossecução do plano de investimento a três anos no valor de 100 milhões de euros”.

O grupo avícola anunciou ainda que encerrou 2015 com um volume de negócios “superior a 390 milhões de euros, o que representa um crescimento de cerca de 13% em relação a 2014”, tendo investido mais de 30 milhões o ano passado.

A Lusiaves sustenta que tem como objetivo “continuar a investir na política de verticalização”, assegurando a presença “em toda a fileira do negócio”, em atividades tão distintas quanto a produção de milho, alimentos compostos para animais, ovos para incubação e a incubação destes produção avícola de frango, frango do campo e perus, o abate de aves, transformação de produtos alimentares, armazenamento e comercialização, a saúde e nutrição animal e valorização de subprodutos.

Fundado na localidade de Marinha das Ondas, Figueira da Foz, há cerca de 30 anos, o Grupo Lusiaves possui cerca de 2.500 colaboradores e é gerador de outros 2.000 postos de trabalho indiretos.