10-Câmara-Municipal-Figueira-da-Foz

Um empréstimo bancário, que será feito para substituir outro, da Câmara Municipal da Figueira da Foz foi ontem aprovado pelo Tribunal de Contas.

Em comunicado, a autarquia local refere que “completa, por agora, o processo de renegociação dos empréstimos contraídos no âmbito do Plano de Saneamento Financeiro do município”.

Na nota, é dito que relativamente a duas entidades bancárias “foi possível estabelecer uma redução de taxas de juro (menos 2,25 pontos percentuais em cada banco)”. Já em relação a outra entidade bancária, essa redução não foi possível de obter, tendo o município optado por contrair novo empréstimo, mas “com uma redução de taxa de 3,35 pontos percentuais”.

“A estimativa da redução dos gastos com juros cifra-se, para o ano de 2015, da ordem dos 300 mil euros e, para 2016, de 500 mil euros”, afirma a autarquia.