Ana Saltão, inspetora da Polícia Judiciária. FOTO LUÍS CARREGÃ

Ana Saltão, a inspetora da Polícia Judicária (PJ) absolvida do homicídio da avó do marido, foi ontem recebida “com normalidade” no seu posto de trabalho nas instalações da PJ no Porto.

“Outra coisa não seria de esperar do Dr. Baptista Romão, diretor da PJ-Porto, e de toda a equipa”, disse ao DIÁRIO AS BEIRAS Mónica Quintela, advogada de Ana Saltão.

Apesar de tudo ter corrido “bem”, ainda não foram atribuídas funções à inspetora. Recorde-se que, pouco antes de ser detida e acusada de matar com 14 tiros de pistola a avó do marido (também ele inspetor da PJ no Porto).

In DIÁRIO AS BEIRAS
(www.asbeiras.pt)

Categoria:

Atualidade