aitch e saddo

Cinco artistas urbanos, dois romenos e três portugueses, são os convidados deste ano do 2.º festival Fusing Culture Experience que se realiza entre 14 a 16 de agosto na Figueira da Foz.

Depois de um mural no Centro de Artes e Espetáculos, uma instalação de azulejos na zona ribeirinha e três ilustrações em outros tantos edifícios da chamada zona turística do Bairro Novo, a organização do evento preparou outros espaços que ajudarão a mudar a paisagem urbana da cidade.

O duo de origem romena Aitch e Saddo vai decorar um bloco de pedra colocado à entrada do molhe norte do porto da Figueira da Foz, enquanto o português Panda do Transe propõe-se instalar bonecos moldados em papel e fita-cola, de dimensões e figura idênticas ao de uma pessoa real, em locais diversos da cidade.

O açoriano Pantónio irá fazer ilustrações onde transparecem a fluidez de movimento, enquanto Tamara Alves foi desafiada a contar uma história utilizando e reabilitando portas e portões degradados de várias ruas da Figueira da Foz.

Carlos Martins, um dos organizadores do festival, afirmou que as paredes da cidade que foram decoradas e intervencionadas na primeira edição constituem “um resultado prático” do Fusing, a juntar ao reconhecimento público que diz existir por parte da população da cidade. “Esse é um passo para a consolidação do evento”, sustentou.

 

In DIÁRIO AS BEIRAS

Categoria:

Atualidade