PROFESSORAS ESCOLA FIGUEIRA JA

Há dois anos, a extinta Escola do 1.º Ciclo dos Quatro Caminhos, em Tavarede, conquistou o 1.º lugar da sua categoria do Prémio Ciência na Escola da Fundação Ilídio Pinho, no valor pecuniário de 10 mil euros.

Entretanto, o projeto “Que bem cheira a minha terra”, baseado na fragrância do limonete, onde investiu o dinheiro, transformou-se numa gama de produtos de higiene pessoal e velas aromáticas.

Os artigos são comercializados sob a marca “Kadija”, nome da princesa que reina no imaginário de Tavarede. Foi ainda publicado um livro inspirado na lenda da moura encantada.

Mas o Agrupamento de Escolas da Zona Urbana da Figueira da Foz não quis viver à sombra do limonete e, no ano letivo em curso, concorreu com outros dois projetos ao mesmo concurso nacional, através do Jardim de Infância de São Pedro e do Centro Escolar São Julião/Tavarede.

 

In DIÁRIO AS BEIRAS

Categoria:

Atualidade