10250225_1484187845132492_8805044743383513075_n
A Sociedade Portuguesa de Autores atribuiu o prémio de melhor livro de ficção narrativa do ano a Afonso Cruz.

O autor figueirense recebe o prémio pela sua obra “Para onde vão os Guarda – Chuvas”, das edições Alfaguara. Baseado num episódio passado com Gandhi, Afonso Cruz conta a história de Fazal Elahi, um muçulmano que vê o filho, Salim, ser assassinado por soldados americanos.

A entrega do prémio está marcada para as 18 horas do próximo dia 8 de Maio, no salão nobre dos Paços do Concelho de Lisboa.

 

Claudia Lourenço

Categoria:

Atualidade